Você sabia que todos os seus dados são expostos quando você usa Bitcoin?

Monero é o que as pessoas pensam que estão comprando quando investem em Bitcoins.

O Monero protege sua privacidade, o Bitcoin não.

A maioria das pessoas pensa que o Bitcoin é "anônimo". Elas não poderiam estar mais longe da verdade. O Bitcoin é um livro contábil transparente e todos os dados das transações ficam visíveis publicamente para sempre na Internet, como a quantidade, endereços do remetente e do destinatário, IPs, histórico e assim por diante. Bitcoin é na verdade um pesadelo de privacidade. É por isso que inventaram o Monero!

Monero é anônimo

Nenhuma empresa, governo ou terceiro pode ver o conteúdo das transações. Ninguém, exceto o remetente e o destinatário, podem ver o quanto foi enviado. Ninguém pode ver seu saldo. Até o seu IP fica oculto por padrão.

Monero protege seus dados e seus fundos

Monero é um software de código aberto, auditado de forma independente que garante o mais alto padrão de segurança. O desenvolvimento é financiado por Financiamento Comunitário, protegendo contra pessoas mal-intencionadas. Suas moedas são suas e ninguém pode pegá-las.

Monero devolve sua liberdade

A privacidade por padrão evita vigilância e censura em massa, garantindo a liberdade pessoal de seus usuários. Monero também tem transparência opcional como um recurso, ajudando as organizações a comprovar seus saldos, se necessário.

Monero tem inflação baixa

A inflação anual atual é de apenas 1.16% e está diminuindo constantemente até que a emissão "residual" comece por volta de 2022. Não houve moedas mineradas de maneira desleal em seu início, sendo todas mineradas de forma justa desde 2014.

Monero é escasso

Há menos Monero em circulação do que Bitcoin, e isso permanecerá um fato até 2040. Até essa data, prevê-se que Monero assumirá o mercado de contas offshore, que atualmente é pelo menos 16.000 vezes maior do que toda a sua capitalização.

Extremamente rápido e barato de usar

As transações aparecem instantaneamente em sua carteira e levam apenas alguns minutos até que os fundos sejam desbloqueados e possam ser gastos novamente. A transmissão da maioria das transações custa menos de um centavo.


As pessoas fingem que o Bitcoin resolve todos nossos problemas. Essa é uma mentira terrível.

Bitcoin é um bom projeto que fará os governos competirem com o dinheiro privado, mas não podemos fingir que resolverá os problemas de privacidade. Embora o Bitcoin seja bom para instituições que precisam ser auditadas (já que a auditoria é mais fácil por causa da transparência), a maioria das pessoas prefere usar dinheiro anônimo para fazer negócios, já que você não quer expor todos os seus dados a todos com quem você lida.

Veja este vídeo sobre Monero

Monero é dinheiro imparável para empreendedores imparáveis

Monero é um projeto da comunidade cypherpunk, totalmente descentralizado, sem nenhuma autoridade central por trás dele. É impossível censurar suas transações, assim como o Bitcoin. A diferença é que quem usa Bitcoin ainda pode ser censurado, enquanto quem usa Monero não, já que ninguém sabe quem está usando.

Tem medo de que o governo o proíba? Pense novamente.

Como o Monero é anônimo, ele na verdade serve como uma conta off-shore sem o incômodo de abrir uma conta em um banco. Funcionários do governo não terão sucesso em bani-lo, primeiro porque é impossível encerrar uma rede descentralizada e, segundo, porque eles também seriam beneficiados por usá-la para ocultar fundos.

Banir Monero tornaria ele ainda mais caro

Monero é dinheiro escasso aprimorado com total privacidade. Há uma grande demanda por um ativo como esse, assim pelo ouro físico. Como há utilidade nesse ativo, a demanda não desaparecerá com uma proibição. Na verdade, isso apenas criaria mais escassez, fazendo o preço subir. Monero é anti-frágil. Pense nisso: Monero protege sua riqueza contra a inflação e protege sua privacidade. Se os governos proibirem os cidadãos de proteger sua riqueza contra a inflação e de ter privacidade, você acha que ficaria mais barato conseguir essas coisas? De jeito nenhum. Seria muito caro.

Aprender. Adaptar. Evoluir.

Monero pode ser exatamente o que sua carteira de investimentos precisa

Monero é uma criptomoeda como nenhuma outra. Possui baixa correlação com o Bitcoin, o que o torna um bom complemento para seus investimentos, pois ajudará a diversificar e poderá aumentar seu retorno futuro. Lembre-se: Monero é uma criança de 2 bilhões de dólares que acabará engolindo contas off-shore de 32 trilhões de dólares. Se o dinheiro se tornar 100% digital, como as pessoas ainda pensam que será necessário abrir fisicamente uma conta em outro país para esconder dinheiro?

Ele destronou o Bitcoin onde é necessário privacidade

Embora a grande maioria das atividades ilegais seja realizada com o uso do dólar, o Bitcoin também foi usado para esse fim no passado. Como o Bitcoin tem um blockchain transparente, essas transações podem ser identificadas retroativamente e marcadas como "contaminadas". Visto que sem um software caro você não pode dizer a diferença, muitos inocentes foram acusados ​​de transgressão. Monero é, sem dúvida, o dinheiro mais avançado disponível, e sua total privacidade protege inocentes de falsas acusações.

Hackers preferem Monero a Bitcoin

Monero é a ponta da lança em privacidade. Sua tecnologia de o tornou a escolha ideal para a maioria dos hackers. Existe uma lei econômica que diz que as pessoas preferem se livrar do dinheiro ruim e ficar com o melhor dinheiro. Isso é o que estamos testemunhando, o Bitcoin está sendo abandonado em favor do Monero, a única opção de privacidade verdadeira.

Como investir no Monero?

Interessado? Basta abrir uma conta em uma corretora confiável, enviar uma transferência eletrônica, comprar e sacar para sua carteira. Lembre-se de sempre ter sua própria carteira de Monero, caso contrário suas moedas podem ser roubadas da corretora.

Abrir uma conta numa corretora

Abra uma conta na Binance.com. Envie uma transferência bancária para a troca e converta seus fundos em Monero.

INSTALE OU COMPRE UMA CARTEIRA

Use a carteira oficial no PC, ou a Cake wallet no celular. Você também pode comprar um Ledger.

Saque PARA SUA CARTEIRA

Entre na corretora e peça que enviem o seu Monero para a sua carteira. Nunca deixe suas moedas na bolsa! Siga oGuia oficial.

Perguntas frequentes

Ainda não sabe como comprar e armazenar? Leia o básico aqui.

  • O que exatamente é o Monero?

    Monero é uma criptomoeda, assim como o Bitcoin. Monero é um projeto de software de código aberto que roda em sua própria blockchain e serve como moeda, assim como o dólar. Muitas pessoas deixam seus computadores "minerando", o que significa que emprestam o poder de processamento de seus PCs para validar todas as transações na rede. Com isso, todo esse poder de processamento é usado para garantir a emissão justa de novas moedas (o que causa a inflação anual) e para proteger seu dinheiro de hackers. Monero tem uma inflação decrescente que eventualmente tenderá a zero e, como a inflação baixa leva à escassez, ela funciona como reserva de valor para o seu patrimônio, assim como o ouro ou o Bitcoin. Diferentemente do Bitcoin, porém, Monero tem total privacidade.

  • Monero tem tecnologia de privacidade de ponta, como RingCTs, Stealth Addresses, Bulletproofs e Dandelion++. Ring Confidential Transactions (RingCTs) são usados ​​para ofuscar o remetente de uma transação e o valor, enquanto Stealth Addresses únicos são usados ​​para ocultar o endereço do destinatário usando um método conhecido como DKSAP. Bulletproofs é um protocolo que melhorou os RingCTs, reduzindo o tamanho das transações, resultando em tempos de verificação mais rápidos e taxas mais baixas. Por outro lado, o Dandelion++ foi desenvolvido para ocultar o endereço IP do dispositivo remetente.

  • Os desenvolvedores do Monero já testaram o conceito de trocas atômicas entre ele e o Bitcoin, que acontecerão diretamente da carteira do Monero e serão processadas através do blockchain do Bitcoin. Os usuários em um futuro próximo poderão trocar facilmente um ativo por outro, sem ter que depender de autoridades centrais, como as corretoras, tornando-se a melhor solução de privacidade possível para Bitcoin. Em outras palavras, para banir o Monero, os governos teriam primeiro que censurar todo o blockchain do Bitcoin, o que não acontecerá, porque o Bitcoin já está enraizado na sociedade. Portanto, ninguém poderá impedir que as pessoas tenham privacidade.

  • Nunca houve uma pré-mineração em Monero. Isso significa que ninguém controla grandes quantidades de moedas, uma vez que todas as moedas geradas sempre foram distribuídas para os mineradores que trabalhassem honestamente. Os mineradores recebem moedas com base em quanto trabalho eles colocam em validar e defender a rede, portanto, é uma forma de receita financeira que eles obtêm por seus serviços. No início (2014) não havia moedas em circulação, a inflação era elevada. Hoje existem 18,040,700 unidades em circulação, a inflação anual é de apenas 1.16%. O pagamento por bloco diminui ao longo do tempo, e também a taxa de inflação anual diminuirá lentamente até chegar a zero. A demanda por dinheiro fungível, digital e voltado para a privacidade provavelmente disparará nos próximos anos e ultrapassará a inflação, fazendo com que provavelmente haja uma apreciação desse ativo.

  • O preço do Bitcoin é muito mais alto que o do Monero já que o primeiro foi lançado em 2009, enquanto o último apenas em 2014. Quando o Bitcoin foi criado, a tecnologia por trás do Monero nem existia. Os métodos do Bitcoin foram em si um grande salto em tecnologia. Agora, o Bitcoin tem uma legião de investidores, é uma criptomoeda estabelecida e tem um valor de mercado de 1Tri USD. No entanto, o Bitcoin tem muitas falhas, como custo e tempo de transação, e principalmente falta de privacidade. Bitcoin não tem privacidade alguma. Todas as transações e saldos são armazenados em uma cadeia de blocos, e são totalmente visíveis para todos os internautas. Nesse sentido, Bitcoin não pode funcionar como dinheiro, pois um dos principais atributos de um bom dinheiro é a fungibilidade, que é a capacidade de todas as unidades serem indistinguíveis das demais. Como todas as transações de Bitcoins são visíveis, você pode diferenciar uma da outra. Por exemplo, você pode escolher aceitar transações de um endereço, mas pode proibir as pessoas de aceitarem outro. Isso inevitavelmente permitirá que os governos censurem determinados endereços com base no que seus proprietários estão fazendo. Portanto, a falta de fungibilidade não é um recurso desejado para um bom dinheiro. Nesse sentido, Monero é muito melhor dinheiro do que Bitcoin. Monero é mais rápido, mais barato de operar e completamente fungível. Você não pode ver diferenças entre diferentes Moneroj (Moneroj é plural de Monero), então você também não pode censurar as pessoas. Com Monero, as pessoas são livres, enquanto com Bitcoin as pessoas estão à mercê dos líderes de seus governos.

  • Embora ninguém possa prever exatamente o que acontecerá no futuro, a comunidade do Monero espera que haja uma grande demanda por privacidade nos próximos anos. Com nossa sociedade dependendo mais dos processos digitais, é plausível que esse tipo de tecnologia acabe encontrando seu nicho em nosso dia a dia. Monero é uma aposta na digitalização do dinheiro, uma aposta na necessidade de privacidade e também uma aposta que os governos vão perder o monopólio do dinheiro. Em termos de retorno, enquanto o BTC levou 900 dias para atingir 37x em seu primeiro ciclo de mercado em alta, Monero levou 1279 dias para dar 95x retorno. No entanto, você não deve tomar isso como um conselho financeiro e deve investir por sua própria conta e risco.

  • Simplificando, abra uma conta em uma corretora confiável, como Kraken (EUA) ou Binance (Brasil). Você só precisa escrever seus dados em seu formulário. Depois disso, conclua todo o processo de registro, que pode incluir procedimentos KYC, como o envio de uma foto do seu documento e rosto. Lembre-se também de habilitar autenticação de dois fatores, que evita que hackers roubem seus fundos e também permite retiradas. Em seguida, envie uma transferência eletrônica para a corretora e, em algumas horas, eles atualizarão seu saldo. Quando isso acontecer, compre o seu Monero e proceda para sacá-lo.

  • Agora baixe uma carteira de software para Monero em seu telefone (como a Cake Wallet) ou para seu computador (a carteira oficial). Você também pode comprar uma carteira de hardware, como o Ledger. Ao concluir esta etapa, você pode fazer o login em sua conta na corretora e solicitar um saque de fundos. Isso significa pedir à corretora para enviar todos os seus Moneroj de sua conta para o endereço de sua carteira. Depois disso, você já tem controle total de seus fundos. Parabéns.